Criatividade: top 5 de livros, palestras e técnicas para se inspirar.

Ei, você aí! Tudo bem?

Pouca gente sabe, mas agora faço parte do QG dos Blogueiros, que é, nada mais, nada menos do que um lugar voltado para a reunião de blogueiros com a intenção de aumentar a interatividade e estimular a visibilidade dos blogs participantes. Prometo voltar um outro dia explicando tudo direitinho, mas hoje o assunto é outro: Criatividade! Ok, e o que um tem a ver com o outro?

Acontece que um pessoal do QG está com um projeto bacaníssimo de explorar temas pertinentes dessa nossa linda sociedade, e o escolhido pra estrear essa nova era foi a criatividade! O Lucas Luciani e a Lê Porto explicam tudinho aqui, nesse vídeo. (Assistam! Eu juro que vale a pena porque os dois são muito engraçados). Muito bem Giovanna, agora dá pra falar logo do que você veio falar? Sim, dá sim! No vídeo eles abordam a famigerada questão: Nós nascemos criativos ou desenvolvemos a criatividade?

Creative mind

imagem retirada de  http://www.paulodetarsocoach.com

Minha sincera opinião é a de que todo mundo tem a criatividade ali dentro, mesmo que escondida ou enterrada. Mas então, como alguns tem tanta facilidade pra criar e outros não? Isso só pode ser explicado pelo desenvolvimento do indivíduo ao longo da sua vida. Ei, Giovanna, dá pra falar algo que faça sentido? Pensa assim comigo: É preciso que a pessoa tenha contato com algo para saber que esse algo existe! A ausência não nos torna conscientes. Como diabos alguém que não foi estimulado pode se tornar criativo se a pessoa nem, ao menos, sabe o que isso é?

Também existem aquelas pessoas que nascem com a criatividade no céu e não precisam de nada nem ninguém para aprenderem a lidar com ela. Essas pessoas são incríveis. Mas, se você é como eu, e, às vezes, sente aquele desespero porque o cérebro parece não funcionar direito, não se desespere: Você também pode ser incrível porque a criatividade pode sim ser desenvolvida! Como qualquer outra habilidade, ela pode ser aumentada, estimulada, incentivada! E hoje trouxe pra vocês uma lista de coisas que possam ajudar nessa jornada! Vamos lá!

05 livros que estimulam a criatividade

cc

 

01 – Confiança Criativa (David M. Kelley e Tom Kelley).

Os autores tentam mostrar como libertar o potencial de criatividade que existe dentro de todo mundo, além de oferecer certa reflexão sobre o que é uma carreira bem-sucedida.

 


02 – Thinkertoys (Michael Michalko).  tt

“A obra traz exercícios que estimulam a criatividade. Por exemplo, como expressar ideias por meio de símbolos abstratos em vez de palavras”, afirma Gisela Kassoy, especialista no assunto. Essencial pra quem quer trazer a criatividade para a rotina do dia a dia.

 

cerebro
03 – Criatividade e Cérebro (Celeste Carneiro).

Considerado “um mergulho em um estado meditativo zen que desencadeia o processo de criatividade e suas relações com as Neurociências. É fruto da experiência da autora que, durante décadas, trabalha com Arte, estudando sua influência no comportamento humano.”

 

toc

 

04 – Um toc na cuca (Roger Von Oech).

Roger Von Oech investiga alguns dos principais bloqueios mentais e/ou padrões que acabam com o pensamento criativo e, no livro, mostra que, algumas vezes, o caminho para inovar está em encarar a situação com outro ponto de vista.

 

 

rouve05 – Roube como um artista (Austin Kleon).

A editora Rocco conta que “Kleon formatou seu discurso em cima das 10 coisas que gostaria que alguém tivesse dito a ele quando estava começando. A palestra foi um sucesso e logo se espalhou de forma viral pela web. E a partir deste feedback, o autor mergulhou fundo nas suas próprias ideias e surgiu com Roube como um artista, o livro. O resultado é uma obra inspiradora, original, prática e divertida. Austin Kleon, corajosamente, desfila novas verdades sobre criatividade: nada é original, então abrace as influências, colete ideias, misture e reimagine para achar seu próprio caminho.”

05 maneiras de liberar a criatividade

01  – Pense como uma criança. 

Não é preciso de muita reflexão pra se perceber que crianças tendem a ser mais criativas do que adultos. Mas será que isso é verdade mesmo? Estudos realizados nos Estados Unidos apontam que sim! Pensar como crianças – livres de pré-conceitos, concepções e medos – nos leva a tomar decisões muito mais criativas, afinal, é preciso se pensar como um iniciante para ir longe.

02 – Ria alto.

Esse foi o que me deixou mais feliz, porque é exatamente isso que eu faço o tempo todo rs. Sabe aquele estalinho que surge de vez em quando, representado pela lâmpada em cima da cabeça em desenhos animados? Eles são os insights e a área do cérebro relacionada a eles foi identificada, graças a Mark Beeman e John Kounios. Dentre as diversas maneiras de estimular essa área, está o riso!!! O estudo dos dois mostrou que o sucesso de pessoas que assistiram um show de stand-up comedy foi maior em 20% ao resolverem puzzles criativos.

03 – Descubra sua paixão. 

Há sempre alguma coisa que nos mantém em movimento, animados o suficiente para seguirmos em frente. É exatamente esse algo que você precisa encontrar: Aquilo que faz você se sentir positivo. Alguns levam (muito) mais tempo do que outros, mas o importante é não desistir. Teste todas as opções! Por exemplo, você já experimentou jardinagem ou tentar ensinar alguém a fazer alguma coisa? As opções são infinitas, então é melhor começar o quanto antes. É provável que esse algo seja o canal que ligará sua criatividade ao mundo exterior.

04 – Sonhe acordado. 

Segundo um estudo da Universidade da Califórnia, pessoas que sonham acordadas (daydreaming), obtiveram pontuação mais alta em vários testes de criatividade. Sonhar acordado é aquele estado em que paramos e fixamos o olhar no horizonte, sem pensar em nada. Não há nada de errado em ficar observando o teto ou ver o tempo passar sem sequer notar, desde que você não faça isso pelo resto da sua vida! hehe

05 – Trabalhe fora da caixa.

Não é preciso ser um gênio para saber que o ambiente influencia nossas relações, nosso desenvolvimento e nosso desempenho.  Um estudo recente fez pessoas se saírem melhores ao pensar fora do seu espaço, ou seja, saia! Saia por aí e abra a oportunidade para novas possibilidades. Trabalhar fora da caixa pode te ajudar a pensar fora dela, também!

Fontes e inspirações: The Wall Street Journal, adaptado do livro “Imagine – How Creativity Works”, de Jonah Lehrer. + texto do site freelifestyle.com.br
criativo
imagem retirada do site giphy.com

05 palestras que inspiram a criatividade.

01 – Chimamanda Adichie: o perigo de uma única história

“Nossas vidas, nossas culturas são compostas de muitas histórias sobrepostas. A escritora Chimamanda Adichie conta a história de como ela encontrou sua autêntica voz cultural – e adverte-nos que se ouvimos somente uma única história sobre uma outra pessoa ou país, corremos o risco de gerar grandes mal-entendidos.”

02 – Isabel Allende conta histórias de paixão.

“Nesta conversa, a escritora e ativista Isabel Allende fala sobre mulheres, criatividade, a definição de feminismo e, claro, sobre paixão.”

03 – Elizabeth Gilbert: Sucesso, fracasso e a motivação para continuar criando

“Elizabeth Gilbert era uma ‘garçonete sem publicação nenhuma’, desolada por cartas de rejeição. E mesmo assim, no despertar do sucesso de ‘Comer, Rezar, Amar’, ela estava se identificando fortemente com a pessoa que era antigamente. Com uma bela descoberta, Gilbert reflete sobre como o sucesso pode ser tão confuso quanto o fracasso e oferece um jeito simples, porém difícil, de continuar, independente dos resultados.”

04 – Young-ha Kim: Seja um artista agora.

“Por que nós paramos de brincar e de criar? Com charme e humor, o celebrado autor coreano Young-ha Kim invoca os maiores artistas do mundo para persuadi-lo a liberar a sua criança interna, o artista que queria brincar para sempre. (Filmado no TEDxSeoul.)”

05 – Julie Burstein: 4 lições em criatividade.

“A apresentdora de rádio Julie Burstein fala com pessoas criativas cono meio de vida – e compartilha quatro lições sobre como criar em face do desafio, insegurança e perda. Ouça percepções da cineasta Mira Nair, escritor Richard Ford, escultor Richard Serra e fotógrafo Joel Meyerowitz.”

Tenho certeza que você há de encontrar, em algum desses top 5, a chave pra liberar sua criatividade. Boa leitura, boa sorte e até a próxima! xx

Anúncios

26 comentários sobre “Criatividade: top 5 de livros, palestras e técnicas para se inspirar.

  1. Trabalhar fora da caixa é uma das coisas que mais funciona, que é saindo da zona de conforto da vida que a gente sai do cérebro. Desça numa parada diferente, saia pra dar uma caminhada num parque que você não frequenta, faça uma comida diferente, troque a cor das paredes, comprar uma peça de roupa em uma cor que não costumamos usar, ouvir uma música diferente, de outro país, começar a aprender um idioma menos comum, tipo árabe… eu, por exemplo, vivo mudando o plano de fundo do meu computador e as cores dele! Como publicitária, tem muito mais coisas que eu já faço inconscientemente pra poder alimentar a criatividade, mas os que você ditou acima são alguns dos mais importantes. Pessoas com altos julgamentos e formação imutável de opinião são menos criativas. Eu sempre achei um problema ser imparcial em tópicos polêmicos, mas desde que entrei na profissão de publicidade, eu me redescobri, sempre fui mais mente aberta e hoje vejo que não é um ônus (não na área que eu exerço, talvez, em jornalismo, seria).
    Muito informativo e didático o post!
    Bjuss

    Curtido por 1 pessoa

  2. Gi, tudo bem?
    Gostei bastante da postagem, para variar. Eu concordo plenamente com sua visão sobre criatividade, é uma habilidade, como qualquer outra. Eu gosto bastante do que o Murilo Gun costuma falar sobre ser criativo, talvez valha uma pena olhar depois 😉

    Curtido por 1 pessoa

  3. Oi, Gi, tudo bem!

    Criatividade é um assunto muito interessante e esse texto me levou a refletir. Vejo alguns vídeos e admiro a criatividade das pessoas; as ideias fabulosas que elas têm para criar determinadas coisas. Meu marido vê e copia algumas ideias, tipo vasos e bancos com materiais recicláveis. Não levo jeito. Tenho um sobrinho que gosta de desenhar e faz os desenhos para alguns textos meus. Sempre pensei que as pessoas nascem criativas. Depois de ler este post, tenho esperança de desenvolver meu lado criativo.

    Beijo!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Olá

    Adorei o seu post. E realmente todos nos podemos ser criativos, na verdade já somos, pois ptecisamos dela para fazer muitas coisas na vida. Acredito também que é uma habilidade a ser adquirida ao longo do tempo.

    Um grande abraço! 😘

    Curtido por 1 pessoa

  5. Gi, que maravilha de post hein! Caprichou mesmo, rs. Muito bom.

    Creio que a criatividade, mais do que qualquer coisa, é um estado de espírito involuntário mas que também pode ser provocado.

    Mais uma vez, parabéns pelo conteúdo do post. Sensacionais as dicas de leitura, com destaque p/ o livro Roube como um Artista.

    Show.

    Até a próxima.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Muito bacana este post! Anotei umas dicas, por que no meu caso tenho dupla jornada (como a maioria de nós blogueiros). É interessante poder contar com posts como este que nos farão estimular de diversos pontos importantes para sermos ainda mais construtivos.

    Att,
    Gabriel José

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s