[Resenha] Para Sir Phillip, com amor.

para sirClassificação: ★★★☆☆
Título:
 Para Sir Phillip, com amor.

Título original: To Sir Phillip, with love.
Coleção: Série “Os Brigdertons” livro #5
Páginas: 288
Ano Edição: 2014
Editor(a): Editora Arqueiro
Autor(a): Julia Quinn
Tradutor(a): Viviane Diniz
Edição: 
ISBN: 978-85-8041-362-5
Gênero: Romance / Ficção / Literatura Estrangeira (com conteúdo adulto)
imagem retirada do site http://www.skoob.com
Resenha por: Giovanna Cuzziol Longo

Sinopse: Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos. Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro. 

 

parasir2

Continuar lendo

Promessas vazias

da série: crônicas
tema: saudade

promessasvazias [texto]

A chuva ali fora cai vagarosamente, ao mesmo passo que meu coração bate dolorido. Lembro-me bem de como tudo começou, mas não consigo me lembrar se um dia pensei que tudo teria um fim. Não, na verdade, consigo: nunca pensei. Enquanto meu olhar se perde no horizonte que se estende pelo vidro molhado, meus pensamentos, a um milhão, voam de um lado para o outro, fazendo questão de me lembrar que chegou o momento que eu não esperava que chegaria.  Continuar lendo

[Resenha] Para Sempre Ninão: a história das aventuras ninônicas

capa ninaoClassificação: ★★★☆☆ 
Título:
 Para Sempre Ninão

Título original: Para Sempre Ninão: a história das aventuras ninônicas.
Páginas: 224
Ano Edição: 2017
Editor(a): Coletivo Editorial (Relighare)
Autor(a): Rodrigo Coelho 
Participações: Camila Loricchio (Editora e revisora), Mateus Dias (Projeto gráfico), Jeferson Luiz de Souza da Rocha (Diagramação, projeto gráfico, ilustrador) e Nitai Chandra (Ilustrador).
Edição: 
ISBN: 978-85-69942-22-1
Gênero: Animais de estimação/Aventura/Biografia
Resenha por: Giovanna Cuzziol Longo
imagem retirada do site https://www.coletivoeditorial.com.br

Sinopse: Agora em forma de livro, é hora de conhecer as histórias das aventuras ninônicas! Ninão e Pai do Ninão tinham uma relação de magnetismo puro na frente e atrás das câmeras, se tornando uma das duplas de maior sucesso na internet, com seus vídeos irreverentes e diferentes de tudo antes visto, cheios de fantasias e enredos mirabolantes ninônicos. Com relatos desses dois na vida real, vivências, detalhes e fotografias inéditas dessa conexão única e cativante, conheça toda a Família Ninônica, a rotina por trás das câmeras e detalhes de como foi essa amizade verdadeira que encantou tantos. Tudo isso contado pelo próprio protagonista, que finalmente ganha uma voz como sempre sonhou: Ninão. Continuar lendo

[Resenha] “Extraordinário”

extra3
Classificação:
★★★★☆ 
Título:
 Extraordinário

Título original: Wonder
Páginas: 320
Ano Edição: 2013
Editor(a): Intrínseca
Autor(a): R. J. Palacio
Tradutor(a): Rachel Agavino
Edição: 
ISBN: 978-85-8057-301-5
Gênero: Ficção / Infantojuvenil / Literatura Estrangeira
Resenha por: Giovanna Cuzziol Longo
imagem retirada do site http://www.livroseblablabla.com/

Sinopse: O livro conta a história de Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Em um manifesto em favor da gentileza, ele enfrenta uma missão nada fácil quando começa a frequentar a escola pela primeira vez: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Continuar lendo

Apaixone-se e envolva-se com 5 livros LGBT incríveis.

Tudo em cima, gente? É com pesar que anuncio que Janeiro está quase no fim, caso você ainda não tenha percebido, o que significa que o ano, agora, vai começar pra valer. Mas pra tirar um pouco a ansiedade dos próximos meses e pra acalentar seus corações, trouxe pra vocês um top 5 muito especial.

Não é surpresa nenhuma, nem pra mim, nem pra você, que a Terra anda se tornando um lugar muito diferente do que era há poucos anos atrás. Vivemos hoje em um mundo de aprendizados, onde, infelizmente, a intolerância ainda reina sobre diversos assuntos. É gente metendo o pitaco onde não é chamado, gente querendo mandar no corpo do outro, gente matando por ódio. Mas, para nossa felicidade, pra cada um que age assim, existem mais cinco pessoas incríveis que se sobressaem à essa mente brutal. Mesmo que sejam reprimidas, mesmo que percam a esperança às vezes, mesmo que pareça impossível, elas existem! E são nessas pessoas que devemos nos apoiar e focar, é sobre elas que devemos falar e é com elas que devemos marchar. Continuar lendo

[#PqNão?] Amor Próprio: 5 livros pra (aprender a) se amar

Alô, alô, pessoal! Estava bem ansiosa pra fazer esse post de fim da semana porque ele faz parte de um projeto do pessoal do QG! A semana do #PqNão tem o intuito de estimular o pensamento crítico e compartilhar opiniões diferentes sobre os mais diversos temas! Para falar a verdade, eu pensei em um montão de temas… Poderia ficar um ano falando sobre vários deles… Feminismo, desigualdade, diversidade… Eram tantos! Mas todos eles não pareceram se encaixar na mensagem que eu gostaria de passar como esse, o escolhido: O amor próprio!

Em tempos de confusões, inseguranças e medos, acho muito importante falar sobre esse assunto, até porque, sinto que ele é muito subestimado. Apesar de ter muito mais visiibilidade do que outrora, ainda tem muita gente que não entende sua importância.

amor

imagem retirada do site superela.com

Continuar lendo