[Resenha] Para Sempre Ninão: a história das aventuras ninônicas

capa ninaoClassificação: ★★★☆☆ 
Título:
 Para Sempre Ninão

Título original: Para Sempre Ninão: a história das aventuras ninônicas.
Páginas: 224
Ano Edição: 2017
Editor(a): Coletivo Editorial (Relighare)
Autor(a): Rodrigo Coelho 
Participações: Camila Loricchio (Editora e revisora), Mateus Dias (Projeto gráfico), Jeferson Luiz de Souza da Rocha (Diagramação, projeto gráfico, ilustrador) e Nitai Chandra (Ilustrador).
Edição: 
ISBN: 978-85-69942-22-1
Gênero: Animais de estimação/Aventura/Biografia
Resenha por: Giovanna Cuzziol Longo
imagem retirada do site https://www.coletivoeditorial.com.br

Sinopse: Agora em forma de livro, é hora de conhecer as histórias das aventuras ninônicas! Ninão e Pai do Ninão tinham uma relação de magnetismo puro na frente e atrás das câmeras, se tornando uma das duplas de maior sucesso na internet, com seus vídeos irreverentes e diferentes de tudo antes visto, cheios de fantasias e enredos mirabolantes ninônicos. Com relatos desses dois na vida real, vivências, detalhes e fotografias inéditas dessa conexão única e cativante, conheça toda a Família Ninônica, a rotina por trás das câmeras e detalhes de como foi essa amizade verdadeira que encantou tantos. Tudo isso contado pelo próprio protagonista, que finalmente ganha uma voz como sempre sonhou: Ninão. Continuar lendo

15 dicas pra você se tornar (ainda) mais poderosa

Eaí, pessu! Quem acompanha o blog deve ter percebido esse sumiço absurdamente longo e sofrido da pessoa que vos escreve, não?! Pois, sim! Ando na maior correria que já estive enfiada na minha vida, mas hoje a saudade daqui falou mais alto e tive que reservar (roubar rs) um tempinho pra prestigiar vocês com um presente.

A ideia desse top 15 surgiu lá trás no dia da Mulher, ganhou força no dia das Mães e hoje nasce como uma bela flor. E o que um tem a ver com o outro? Simples! São dias criados para enaltecer essa bela forma humana que nos é conhecida através do termo “mulher”. Não é preciso ser muito ligado nas notícias nem muito especialista pra saber que vivemos uma época de transformações e revoluções, especialmente em relação às minorias.

Os leitores mais presentes devem ter percebido já meu lado feminista e “ativista”, mas poucos podem ter percebido meu gosto pela justiça e pela equidade em todos os seus sentidos. E é por isso que hoje venho dar voz às mulheres!

Elas que são descriminadas, colocadas de lado e cobertas por uma série de preconceitos que já estão mais do que na hora de ir embora. Evoluímos em tantas maneiras e de tantos modos, mas não conseguimos deixar para trás o pensamento retrógrado. Acha que estou exagerando? Há algum (longo, longo, longo) tempo no Facebook um trecho de texto ficou muito famoso por ser um tapa na cara dos preconceitos incrustados na gente. Resolvi trazer essa belezura de volta à vida porque é realmente incrível perceber como estamos inseridos em um cobertor de ideias primitivas. É o seguinte: Continuar lendo